Buscar

Tapping: Diferenças entre EFT e TFT

Atualizado: 23 de set.

Camila Manzano




Nesse artigo eu conto sobre os estilos de Tapping e a diferença entre EFT e TFT, técnica que permite a liberação de uma carga emocional negativa, veja mais!

Você já passou por algum momento no qual suas emoções te oprimiram? Ou já percebeu que a concretização de seus objetivos foi sacrificada pela falta de energia, estresse ou insegurança? Já sentiu medo, ansiedade ou dor que parecia não passar nunca, sem causa aparente?

Após viver eventos dolorosos em nossas vidas, tendemos a trazer uma parte dessas emoções negativas para o nosso corpo. À medida que os anos passam, vamos acumulando mais e mais dessa carga, dificultando um estado de espírito mais animado e disposto. Muitas vezes, inclusive, nos esforçamos para ter uma atitude mais otimista e generosa com os outros, mas a verdade é que não conseguimos ter muito controle sobre esse processo. A boa notícia é que existe sim uma maneira prática e simples de trazer o nosso bem-estar de volta e a solução está literalmente nas nossas mãos!

A técnica conhecida como Tapping ou Acupuntura Emocional sem Agulhas é capaz de liberar esta carga emocional. Inspirada na tradicional medicina chinesa, o Tapping agrega o conhecimento da psicologia moderna, possibilitando a identificação e resolução emocional daquilo que deu origem a questões problemáticas em nossas vidas e que nos impede de ter mais paz de espírito, clareza mental e capacidade de correr atrás do que realmente queremos.

Através da limpeza das cargas emocionais, novas conexões cerebrais são feitas, promovendo uma ação instantânea para acalmar a amígdala de nosso sistema límbico, responsável pelas emoções e reações de luta ou fuga. Uma vez que liberamos o nosso sistema dessa carga, devolvemos a sensação de paz e segurança, aliviando o estresse e curando os nossos traumas.

Sou Camila Manzano, terapeuta e coach sistêmica e neste artigo você vai saber a diferença entre EFT e TFT, boa leitura!



AFINAL, QUAL É A DIFERENÇA ENTRE EFT E TFT?

Ambas as técnicas envolvem tocar em pontos específicos de acupuntura enquanto sintonizam ou concentram a atenção em uma emoção ou problema específico. Os pontos de acupuntura usados ​​pelas duas técnicas são bem parecidos, mas as diferenças seriam:

1. Sequência de Pontos: a TFT usa uma sequência de toques diferente (conhecida como

algoritmo) para cada uma das várias categorias de problemas, tais como: raiva, culpa, ansiedade etc. Enquanto a EFT emprega uma mesma sequência para todas as questões a serem tratadas.

2. No TFT, é necessário seguir estritamente os pontos prescritos para uma categoria de problema específico (Ex: fobia), sendo necessário somente acessar a emoção relativa à questão tratada. Já na EFT, a sequência não é considerada importante.

3. Enquantoa fala é fundamental no EFT, pois ela deve ser executada enquanto se expressa verbalmente questões relativas ao evento ou trauma, no TFT não precisa necessariamente ser acompanhado de palavras.

De maneira geral o TFT é considerado mais complexo, devido aos diferentes algoritmos que são ensinados, mas na prática o EFT só gera resultados mais profundos quando se limpa o fato originário do problema.Em uma comparação, digamos que algo que tenhamos vivenciado na infância tenha gerado uma emoção de culpa. Essa vivência tem sempre a origem em uma cena do passado. Depois de experienciar este momento, o indivíduo irá viver outras situações que irão se somar a essa, compondo o que chamamos de corpo de dor. Então, no futuro, outros momentos na vida adulta são capazes de acionar esse gatilho específico, gerando uma reação desproporcional, ou desmotivada de dor e culpa, muitas vezes até conflitos desnecessários. Outro exemplo seria em situações que temos uma sensação de raiva ou tristeza que não conseguimos identificar o porquê. Certamente alguma ocorrência ativou um gatilho de uma vivência negativa do passado.

Para procedermos com a limpeza utilizando a técnica, agimos removendo essas diversas camadas de vivências, tais como removemos as cascas de uma cebola. A cada experiência negativa que limpamos, vamos sentindo mais bem-estar, mas somente quando limpamos então esse fato originário conseguimos eliminar a possibilidade de acionarmos esse gatilho no futuro.

Ao longo dos anos que utilizo ambas as técnicas, percebo que a EFT é capaz de trazer memórias antigas à tona com muita clareza, conduzindo para a superfície informações guardadas em nosso subconsciente e que estão associadas às emoções negativas, apagando as emoções ruins associadas a determinada memória. Acaba funcionando como uma espécie de regressão consciente e é muito interessante!

Já o TFT é capaz de liberar essas mesmas emoções sem trazer, necessariamente clareza sobre as vivências que deram origem a elas. Pode ser que algumas memórias venham à tona, mas o normal é desencadear uma série de emoções a medida que a limpeza emocional é feita e o processo se completa quando atingimos a sensação de alívio e bem-estar.

Embora exista uma ideia de que a aplicação da TFT seja mais complexa, a minha experiência como terapeuta me mostrou que ela é mais rápida e simples, pois, uma vez dominado o algoritmo, percebo que ela funciona como um 'atalho' para a eliminação das emoções negativas quase que instantaneamente. Já o EFT torna as sessões mais dinâmicas, pois é possível dar luz às causas subjacentes das dificuldades emocionais, elucidando uma compreensão mais sábia e profunda sobre o problema.

O Tapping é um instrumento muito valioso também quando precisamos realizar o trabalho de reprogramação mental, associando a técnica a afirmações positivas, unindo a estratégias de programação neurolinguística, se torna uma poderosa ferramenta de auxílio na incorporação de novos hábitos, liberação de crenças limitantes e padrões de comportamento mais saudáveis, facilitando a concretização de metas e objetivos.

É importante observar que o TFT e a EFT continuaram a se desenvolver e a evoluir de forma independente, mas ambas são muito potentes quando se trata de cura emocional em amplo espectro e os resultados são realmente surpreendentes!

Gosto de dizer que o Tapping é um editor de vidas, uma vez que é capaz de eliminar bloqueios e emoções indesejadas, como uma espécie de borracha que é capaz de apagar o lado ruim de nosso passado, permitindo colher o aprendizado e a parte positiva da experiência, deixando intactas as memórias. Com isso, se torna muito mais fácil ter um maior sentimento de gratidão e mais sabedoria sobre os aprendizados de vida, nos habilitando a ter escolhas mais assertivas e felizes.

O Tapping já foi utilizado para ajuda humanitária, recuperação de transtornos no pós-guerra e nos EUA, aonde o tapping é mais popular, é comum ver as pessoas fazendo uma sequência antes de um vôo, para acalmar o medo de voar; antes de provas e em muitas outras situações. De fato é uma prática que deve ser usada todas as vezes que nos sentimos sobressaltados com emoções que incomodam! Sua eficácia foi comprovada em diversos estudos científicos, caso se interesse em saber mais deixei alguns links aqui embaixo.

Espero ter esclarecido sobre a diferença entre EFT e TFT! Se você se interessou pela terapia e gostaria de experimentar, conheça as opções dos atendimentos que ofereço ou baixe o seu ebook para aprender a fazer em casa!


Veja abaixo


Referências

1. EFT - https://www.medicalnewstoday.com/articles/326434

2. TFT - http://www.rogercallahan.com/crtics-wrong.php

3. https://www.youtube.com/watch?v=4FVEEm9HT1s&list=WL&index=12

96 visualizações0 comentário